.header>.container_header>.ul_navigation>.li_navigation>.content_nav_servicos { margin-top: 274px !important; }
Dez dicas para fazer uma viagem de carro inesquecível

Dez dicas para fazer uma viagem de carro inesquecível

Você se programou para viajar de carro com a família no final do ano ou no começo do ano que vem? Legal! Então, essa viagem tem que ser, no mínimo, inesquecível. Ressaltando: positivamente inesquecível. Ninguém quer lembranças ruins permeando bons momentos junto daqueles que ama!

Assim sendo, seu carro é parte importante do processo. Mas, além dele, tem uma série de outros detalhes – desde a rota, alimentação e bagagem – que merecem sua atenção. Vamos a eles?

1 – Faça o planejamento

Para onde você vai? Quantas horas você pretende rodar? Onde você vai ficar? Quanto vai custar tudo isso?

Se você ainda não acertou esses detalhes, nosso conselho é que se apresse. Dezembro e janeiro são meses disputados nos principais destinos turísticos do país e deixar uma reserva para a última hora pode fazer com que você tenha que adiar a viagem com a família.

O planejamento tem que incluir, obrigatoriamente, a pausa para o descanso e alimentação. Isso ajuda a recuperar a energia para prosseguir. Se a viagem for em companhia de outro motorista habilitado, revezar na direção é o mais indicado.

Pare apenas em locais seguros. Isso reforça a importância das paradas programadas e do planejamento, para evitar que seja preciso estacionar em qualquer lugar. Nunca é demais lembrar que ser assaltado ou ter o carro roubado são coisas que estragam qualquer viagem.

2 – Pesquise sobre o destino

Conhecer com antecedência os costumes, a cultura, a culinária e o clima do seu destino, ajuda muito no sucesso da sua viagem de carro. Ajuda, inclusive, a saber o que você deve levar e o que não levar. Afinal, ninguém quer chegar no litoral sem roupas de banho, ou viajar até a Serra Gaúcha sem roupas de frio. Certo? Não deixe para comprar roupas no local. Isso vai ficar bem mais caro.

Evite ocupar todo o porta-malas, ou não vai conseguir nenhuma lembrança da sua viagem. O bem-senso é sempre um aliado na hora de arrumar as malas.

3 – Calcule todo o investimento

Se você vai viajar de carro, dois custos são certeza: pedágio e combustível. É importante saber a média de quilômetros por litro do seu automóvel. A partir daí, você poderá identificar qual será o investimento em abastecimento e onde você deverá parar para abastecer.

Com os pedágios, mesma cosia. Estudando bem o trajeto, saberá com antecedência por quantos pedágios vai passar e o quanto gastará em cada um deles.

4 – Tenha um kit de emergência

Alguns itens que devem estar às mãos e não no porta-malas: repelente, filtro solar, papel higiênico, algumas peças de roupa e um pequeno kit de primeiros socorros. Especialmente em viagens mais longas, esse cuidado pode fazer toda a diferença.

5 – Tenha uma bolsa térmica com comida e bebida

Não dá para parar o carro a cada vez que der vontade de comer algo. Se fizer isso, a viagem vai acabar se tornando pouco produtiva e bem mais cara. O ideal é separar algumas comidas e bebidas e armazenar adequadamente em uma bolsa térmica. Não vale deixar a fome afetar o humor e estragar a viagem.

6 – Evite os horários mais movimentos

Horários com grande fluxo devem ser evitados na hora de viajar. Ou sua viagem de carro vai ter um nível de estresse absolutamente desnecessário.

A dica é calcular quando e como o seu trajeto vai cruzar os grandes centros urbanos, regiões metropolitanas ou descidas de serra e fazer de tudo para evitar que isso coincida com os já famosos horários de pico de movimento (entre 7h e 9h, entre 12h e 14h e entre 17h e 19h).

7 – Escolha a playlist

Uma viagem longa de carro é feita de paisagens, companhia e ambiente. A música é importante para este terceiro item!

Calcule com antecedência quanto tempo vai ficar na estrada e tenha uma playlist compatível com esse tempo, para embalar o seu trajeto com boa música e animação.

8 – Olho no GPS e na sinalização

Errar um acesso pode significar vários quilômetros a mais em busca de um retorno. Se você for trafegar por estradas que ainda não conhece, não se prenda totalmente ao GPS. É uma excelente ferramenta, mas não é à prova de falhas.

Certifique-se de que os mapas estão atualizados e, mesmo assim, observe a sinalização das rodovias, da mesma forma em que você fazia antes da tecnologia ser nossa companheira de cockpit.

9 – Economize combustível

Velocidade constante, giro do motor controlado e “pé encima” no acelerador. Se você já tem intimidade com o veículo, sabe melhor que a gente em que condições ele consome mais ou menos combustível. Se o carro é novo, compensa dar uma olhada no manual antes de viajar.

Dica básica? Ar condicionado ligado e janelas fechadas é a condição que gera menos consumo em viagens longas em rodovias.

10 – Revise seu carro!

Claro! Já abordamos esse tema no nosso blog. E se você está decidido a viajar de carro, é sinal que já leu as nossas 5 razões pelas quais a viagem de carro é uma boa opção. Também falamos sobre como e porque o carro deve fazer parte do planejamento da sua viagem.

Não deixe a revisão para a última hora para não atrasar o seu cronograma. Caso você precise fazer algum reparo ou trocar alguma peça, a gente pode precisar ficar alguns dias com seu carro aqui na oficina. 😊

Voltar ao blog
.header>.container_header>.ul_navigation>.li_navigation>.content_nav_servicos { margin-top: 274px !important; }